A Fiocruz irá promover um ciclo de debates sobre Doenças Negligenciadas, a partir do mês de março, até o mês de junho, de forma mensal.

O evento contará com especialistas reconhecidos na área e será de grande auxílio no desenvolvimento de estratégias importantes para o combate dessas doenças.

 

 

''As relações entre saúde e desenvolvimento constituem polêmica demarcada desde a V Conferência da OMS, em 1952. De um lado, a ideia de um círculo vicioso entre doença e pobreza a ser rompido mediante enérgicas medidas sanitárias. De outro, a impossibilidade de ruptura de tal circularidade apenas no âmbito sanitário, sem considerar mudanças estruturais mais complexas. Essa discussão vem se ampliando no cenário de um desenvolvimento globalizado, no qual uma das resultantes deploráveis é o crescimento das desigualdades entre países e em cada um deles, com reflexos na saúde das populações mais vulneradas. Uma das expressões desse modelo de desenvolvimento é a progressiva conversão de bens e serviços de saúde em mercadorias que, no contexto de desigualdades, se tornam menos acessíveis aos que delas mais necessitam. Este Ciclo de Debates visa problematizar, no caso das doenças negligenciadas, diversos aspectos dessas questões."

A programação e as inscrições estão sendo feitas por meio do link: https://bioeticaediplomacia.org/ciclo-novo-proximos-ciclos/

 

 

Local Auditrio Interno da Fiocruz Braslia