Go to the content
or

 Go back to Notícias Com...
Full screen

FS/UnB revitaliza portal e sites institucionais

September 4, 2017 12:55 , by Ádria Albarado - | No one following this article yet.
Viewed 53 times

O novo portal da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília (FS/UnB) é um projeto desenvolvido pelo Centro de Tecnologias Educacionais Interativas em Saúde (Centeias), em parceria com o Laboratório Avançado de Produção, Pesquisa e Inovação de Software (Lappis), da Faculdade do Gama (FGA/UnB). O objetivo do referido projeto é desenvolver uma plataforma dinâmica, interativa, padronizada e livre.

Surgido a partir da necessidade de melhorar a forma que os serviços de tecnologia da informação (TI) são executados no Centeias e oferecidos à comunidade acadêmica, o projeto tem a intenção de incorporar tecnologias não apenas como uma prestação de serviços e, principalmente, explorar seu potencial de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Nesse sentido, a escolha por ferramentas, aplicações e infraestrutura livres, possibilita o estudo de tecnologias que podem ser desenvolvidas no âmbito das comunidades e implementadas localmente, atendendo o quesito sustentabilidade.

Dessa maneira, no segundo semestre de 2016 foi iniciado um processo de avaliação e reformulação dos sites e plataformas virtuais da FS para que o Centeias pudesse prover melhores recursos, mais estabilidade, qualidade na informação e atender alguns requisitos exigidos aos cursos de graduação por órgãos de gestão educacional como o Ministério da Educação.

A reformulação ocorreu, ainda, diante da preocupação com a integridade do patrimônio digital da FS. Foram estudados meios de organização, curadoria e gestão de acervos pois, de acordo com a coordenação do Centeias, era necessário manter toda documentação como revistas, teses, monografias e dissertações na infraestrutura local, configurar uma melhor gestão da informação na FS, evitar perdas e organizar um histórico dos programas.

A avaliação realizada pelo projeto de mudança do portal identificou a ausência de padronização no desenvolvimento dos sites e inúmeras falhas de segurança, o que culminou na migração dos sites para uma instância única, com capacidade de suportar funções existentes e abarcar novas tecnologias. A nova arquitetura do portal da FS atende critérios de segurança, expansibilidade, integração e licença. Trata-se do Noosfero, uma ferramenta livre, de código aberto, completamente gratuita, brasileira e com uma vasta comunidade de apoio tanto na web, quanto em instituições como Universidade de São Paulo (USP), Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e Presidência da República (PR).

Com a migração e a modernização da plataforma, mais de 15 websites que integravam a estrutura de comunicação da FS foram desenvolvidos. A análise realizada pela equipe do Centeias e do Lappis resultou na padronização e integração dos serviços existentes, com segurança e estabilidade e, principalmente, adequado às necessidades acadêmicas. O desenvolvimento do novo portal da FS só foi possível com a parceria firmada entre os dois laboratórios de pesquisa – Centeias e Lappis – e o apoio do Comunica FS, núcleo responsável pelas estratégias de comunicação da FS/UnB.

Dessa forma, um conjunto de alunos, professores e pesquisadores das áreas de engenharia, avaliação e implantação de software; Saúde Coletiva; Comunicação e Informação em Saúde, criaram uma nova instância da plataforma de rede social. Atualmente,  o portal da FS agrega os cinco departamentos, sete programas de pós- graduação, o colegiado de extensão, os projetos estratégicos FS Promotora de Saúde, Comunica FS e Sistema de Integração Ensino-Serviço-Comunidade (Siesco), dezenas de laboratórios de pesquisa, além de promover a visibilidade de centenas de programas e projetos importantes para o desenvolvimento científico na FS e no país.



SOBRE O NOOSFERO:

 

Criado em 2007, a partir de uma parceria entre o Fórum Brasileiro de Economia Solidária e o Ynternet.org Fundation, o Noosfero é uma plataforma que permite a construção de redes sociais e de economia solidária por meio de interações entre os usuários da própria rede individualmente ou por meio de grupos de interesse. Dentre suas principais funcionalidades estão:

 

  • Criação de redes sociais organizadas por pessoas, comunidades e organizações;
  • Gestão, por meio de um sistema de gerenciamento de conteúdo, (CMS) pastas, arquivos, RSS, imagens e arquivos;
  • Criação de blogs e notificações de comentários;
  • Compartilhamento de temas de interesse e discussões temáticas;
  • Criação de agendas de eventos;
  • Gestão de catálogos de serviços e produtos;
  • Criação de repositório para arquivos multimídia;
  • Criação de sistemas de consulta pública e;
  • Integração com outros sistemas e ferramentas acadêmicas.

A metodologia de desenvolvimento ágil de software foi escolhida porque enfatiza princípios como: entrega adiantada e contínua da ferramenta, possibilidade de mudanças de requisitos mesmo no fim do projeto, integração de diversos perfis profissionais em uma equipe multidisciplinar. O desenvolvimento da nova plataforma foi iniciado no mês de abril e segue ainda rumo a implantação de novas funcionalidades, conforme este cronograma.

 

Centeias e Comunica FS